loading sadorent rent-a-car
Loading...









O seu navegador não é suportado!

O MS Internet Explorer é um browser que não suporta as novas tecnologias web.
Para que possa visualizar a página corretamente, por favor utilize qualquer um dos navegadores abaixo:




Google Chrome

Mozilla Firefox

Microsoft Edge

Opera



Questões Frequentes / FAQs

(muitas são perguntas reais efetuadas por clientes)


Regra geral é necessário ter carta de condução válida há, pelo menos, 1 ano e mínimo de 25 anos de idade. Há no entanto a possibilidade condicionada – p.ex. depende de grupo automóvel – de se reduzir a idade indicada (nota: em veículos superiores a idade mínima poderá ir aos 30 anos e a carta de condução terá de ser válida há mais de 3 anos).

Também usualmente é necessário cartão de crédito para prestar uma caução (garantia sobre eventuais danos). É um montante que é devolvido finda a operação de aluguer e esteja tudo bem (não há danos, não há perca de documentos, não faltam acessórios no veículo,…).

Para pagamento do aluguer da viatura, pode utilizar-se cartão de débito (ou numerário).

Para a prestação da caução é que normalmente é necessário ser efetuado através de cartão de crédito. Se o cliente não tiver, um seu acompanhante com cartão de crédito presente no balcão Drivalia (terá de assinar documentação) poderá responsabilizar-se pela caução. Há também a possibilidade de, através de um extra adicional ou tarifa Max Relax, poder prestar a caução via cartão de débito.

Se tiver outros cartões de crédito, poderá acumular a sua utilização até perfazer o valor da caução. Terceiras pessoas de sua relação presentes aquando do levantamento do veículo também poderão ajudar utilizando os seus cartões de crédito. Há a possibilidade de, mediante um extra adicional, decrescer o valor da caução.
Regra geral o serviço Drivalia são automóveis para serem conduzidos pelos próprios requerentes do aluguer. A possibilidade de inclusão de motorista é somente por solicitação pontual e a sua exequibilidade é analisado casuisticamente.
Em regra a partir de uma categoria automóvel (ex. Económicos, Monovolumes,…) aluga-se um grupo mais consistente. E recebe-se a viatura desse tipo disponível no momento independentemente de cor ou modelo. Ou seja poder-se-á previamente indicar preferências mas não se garante modelo, cor ou outras características muito específicas.

Sim, a Drivalia manterá a reserva da viatura durante 24h.

(clientes que não avisem atrasos e só apareçam após esse período de tolerância, a Drivalia já não garante a reserva)

Primeiro, ambos terão de ter carta de condução válida há mais de 1 ano.

Segundo, e não menos importante, a idade mínima normal de condução das viaturas Drivalia é 25 anos. Porém, é possível aplicar a taxa de condução jovem 20-24 anos.

Deste modo, o filho de 19 anos não pode conduzir, o de 20 anos, dependente do grupo automóvel, poderá desde que também, como atrás referido, já tenha carta válida há mais de um ano.

Sim, duas viaturas podem ter aproximadamente as mesmas dimensões, ter o mesmo número de portas e ter design semelhante porém uma poderá ser de outro grupo mais oneroso por, por exemplo, ter mais cilindrada/potência, ter motor Diesel, ter transmissão automática, ter acabamentos de luxo, ter equipamento adicional hi-tech,…
Sim, pode utilizar-se veículo por algumas horas porém atente-se que o período mínimo cobrado são 24 horas (1 dia). O mesmo se aplica se p.ex. alugar durante um dia e quatro horas: contabilizam-se dois dias de aluguer.
Não. Todas as viaturas da frota podem ser conduzidos com carta de condução de veículos ligeiros.
A Drivalia dedica-se especificamente à mobilidade motorizada através de veículos automóveis de passageiros e mercadorias.
Não, essa é uma média diária. Num dia pode fazer só 5 km e noutro dia 550 km. No aluguer indicado tem incluído na tarifa 1600 km (8d x 200 km). É cerca da distância do Porto a Paris ou mais de cinco vezes o trajeto Lisboa - Porto.

Por vezes, sobretudo em grupos automóvel mais específicos e com menor número de unidades, por fatores de gestão de frota (p.ex. fabricante automóvel não conseguiu entregar veículos novos encomendados na data estipulada, cliente anterior teve acidente com a viatura, serviço de reparação e manutenção da viatura atrasou-se,…), o veículo previsto para a reserva do cliente acaba por ser diferente. Nestes casos a Drivalia tenta fornecer uma viatura de grupo superior sem custos adicionais para o cliente. É o chamado upgrade gratuito.

 

Sim, mediante a disponibilidade do artigo, a Drivalia aluga assentos e cadeiras de bébé/criança. Solicitar na reserva, indicando a idade/peso da criança.

Em caso de avaria, ou problema afim, pode telefonar para a Drivalia (horário de expediente) ou para a Assistência em Viagem 24h – ver telefones no contrato de aluguer ou bolsa de documentos da viatura.

(nota: a Drivalia cumpre o plano de manutenção preventiva e correctiva dos fabricantes automóveis mas por vezes surgem imprevistos)

Em caso de acidente aponte contactos dos envolvidos e testemunhas. Havendo intervenção de terceiros, preencha de forma legível e completa a Declaração Amigável e caso a viatura fique impedida de circular deverá compulsoriamente chamar as autoridades policiais. Seguir procedimento relativo a avarias.
O máximo que a Drivalia aceita são três condutores. O normal e mais dois condutores adicionais (sujeitos estes, cada um, a uma taxa de €20), sujeitos aos requisitos normais para condução na Drivalia, e cujos nomes deverão ser introduzidos no contrato de aluguer.

Depende dos casos, que serão determinados por devida análise.

Se bateu com a viatura por breve distração e a franquia – responsabilidade legal por danos cobertos e não negligentes – for de €850, pagará só até esse valor.

Se bateu por excesso de velocidade, é considerado negligência (contraordenação ao Código da Estrada), e portanto terá de pagar a totalidade da reparação.

As viaturas Drivalia destinam-se a circular no território de Portugal continental. Para utilização de veículo além-fronteiras – só Espanha – necessita, usualmente aquando da reserva, solicitar autorização à Drivalia e, sendo validado, pagar uma taxa para poder usufruir da cobertura CDW e assistência em viagem fora do país.
Os clientes deverão devolver os veículos com o mesmo nível com que receberam (para devida locomoção do automóvel, aquando do levantamento da viatura dificilmente ocorrerá sem combustível suficiente). De modo que será cobrado aos clientes o valor do combustível em falta.
Não. À Drivalia paga o aluguer do dispositivo eletrónico e a conexão do sistema informático da empresa à estrutura tecnológica da Via Verde. No entanto terá de pagar o valor das portagens que depende das autoestradas, tipo de veículo e distâncias percorridas. Isso será feito através do débito ao seu cartão de crédito que é obrigatório para a subscrição deste serviço.
A comunicação Via Verde das portagens à Drivalia é assíncrona i.e. não é tempo real. Pode acontecer que, após o término do aluguer, cheguem custos diferidos de portagens, que têm também um tratamento administrativo. É por isso que é compulsório cartão de crédito para subscrição do portageamento eletrónico.
A Drivalia tem veículos de quatro rodas motrizes no entanto não é possível alugar viaturas para utilização em provas desportivas.
Não. Essa infração é da responsabilidade do cliente e será comunicado à autoridade competente.


Central +351 217 818 290
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)

Ou ligue direto para:

Alfragide +351 967 883 657
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Almada +351 212 744 606
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Amarante +351 255 423 374 | 963 963 126
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Aveiro +351 234 246 137
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Barreiro +351 212 158 036
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Beja +351 284 100 240
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Braga +351 253 262 177 | 963 963 122
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Bragança +351 273 331 507 | 961 531 775
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Coimbra +351 239 245 574
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Elvas +351 268 639 490
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Estremoz +351 268 339 282
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Évora +351 932 403 022
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Famalicão +351 252 315 269 | 961 531 799
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Figueira da Foz +351 233 414 278 | 961 547 546
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Guarda +351 271 231 320 | 963 793 878
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Guimarães +351 253 515 678 | 962 430 992
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Lisboa-Aeroporto +351 217 818 296
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Lisboa-Benfica +351 217 155 422
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Lisboa-Centro +351 217 818 295
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Lousã +351 966 740 817
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Montijo +351 212 318 124
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Odivelas +351 219 332 543
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Parede +351 210 175 746
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Penafiel +351 255 711 579 | 963 963 121
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Portalegre +351 245 337 456
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Porto-Aeroporto +351 229 448 686
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Porto-Cidade +351 229 766 730
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Régua +351 254 321 146 | 963 963 124
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Santa Maria da Feira +351 256 360 181 | 963 793 897
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Setúbal +351 265 539 660
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Vila Real +351 259 309 300/1/2/3/4 | 961 343 834
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)
Viseu +351 232 415 124 | 963 793 882
(Chamada para rede fixa/móvel nacional)